Esporte NOTÍCIAS

terça-feira, 12 de junho de 2018

R$ 800 MIL PARA SANTA CECÍLIA DO PAVĂO... EXECUTIVO E LEGISLATIVO EM PURA UNIÃO

A imagem pode conter: 9 pessoas, incluindo Amilton Ynoue, Bruno Gavioli Cestário, Jeremias Proença Lemes, Joselito Luz, Luiz Claudio Romanelli, Sidmar Fajardo e Isaias Junior, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Momento histórico para o município de Santa Cecília do Pavăo, com início de semana com vigorosas notícias. Segunda 11.06.18, teve entrega de um carro GOL Okm para Agência do Trabalhador onde será de grande valia para o Secretário e Funcionários que precisam se deslocar para empresas de outros municípios em busca de parcerias e empregos.
+ R$ 410 mil, com autorização para início das obras de pavimentação asfáltica, colocação das galerias pluviais e urbanismo nas Ruas Jerônimo F. Martins, Augusto Vicente, João Belchior, Manoel Mendonça Filho, Av. Getúlio Vargas e Travessa Cilso F. Mello com resursos á fundo perdido através do Governo do Paraná.
+ 378 mil, autorização para licitação de compra de PÁ CARREGADEIRA para fortalecer o desenvolvimento rural e urbano, também com recursos á fundo perdido pelo Governo do Paraná, indicados pelo Deputado Luiz Claudio Romanelli e liberados pela governadora Cida Borghetti.
" Estamos num grande momento, mas não é um simples momento  e sim um momento de ritmo acelerado proporcionado pela eficaz união do Prefeito, Vice-Prefeito Paulo Vietze, Vereadores, funcionalismo público, comerciantes, lideranças e da população em prol do progresso da nossa cidade, até porque Santa Cecília do Pavão tem pressa, muita pressa de ser um lugar cada vez melhor para se viver "... 
"Como é maravilhoso ter deputados que representam nosso município,parabéns Romanell e Alex Canziani. COMENTOU O PREFEITO EDIMAR SANTOS ).

Nesta terça-feira 12.06.18, o Prefeito Edimar Santos recebeu MAIS UMA autorização de 1.000 tubos (manilhas) para retirada no Aguas Paraná de Arapongas.
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadasNos últimos dias o Município Santa Cecilia Do Pavão retirou todos os tubos de autorização anterior, e como é preciso maior quantidade para galerias pluviais, o Prefeito Edimar Santos e os Vereadores solicitaram ampliação da quantia e que através do Deputado Romanelli e Governadora Cida Borghetti foram  devidamente atendido.

Assim, Edimar Santos esteve com o Paulo Breda que representou o Presidente Iram Rezende no Águas Paraná em Curitiba para assinatura e recebimento da autorização mais manilhas.
Ainda na capital, prefeito reforçou pleitos e entregou documentos na SEIL de vigas de concreto para pontes e esgoto sanitário na Funasa.

segunda-feira, 11 de junho de 2018

VEM AÍ... LANÇAMENTO DA XX AGROFEST EM SANTA CECÍLIA DO PAVÃO (PR)

A imagem pode conter: texto

A Prefeitura e Câmara Municipal de Santa Cecilia do Pavão tem a honra de convidar você e sua família para participar do LANÇAMENTO DA XX AGROFEST.
Durante o evento serão apresentados a programação e todo material de divulgação da "Maior Festa da Região".
Esse ano estaremos comemorando 20 anos de Agrofest , e esse Lançamento dará inicio as comemorações da Maior Festa da Região.
A AGROFEST se consolidou durante esses 20 anos por trazer recorde de público e artistas renomados no seu palco.

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Governo do Estado libera R$ 2,5 bilhões para obras em dois meses

Governadora Cida Borghetti durante agenda com prefeitos do Interior do Estado, no Palácio Iguaçu.Curitiba, 06/06/2018.Foto: Orlando Kissner/ANPr

Nos últimos 60 dias, o Governo do Estado liberou R$ 2,5 bilhões para a realização de obras de infraestrutura de transporte e em áreas urbanas, em saneamento, construção de prédios públicos e habitação, entre outros. O montante foi destacado pela governadora Cida Borghetti nesta quarta-feira (06) ao comentar o período em que está à frente da administração estadual. “Em 60 dias, atendemos os 399 municípios do Paraná e temos vários anúncios ainda para fazer”, disse.
“Recebemos o Estado com as contas em dia e estamos fazendo os investimentos necessários para a ampliar a qualidade de vida dos paranaenses, pois o foco da nossa gestão é na melhoria da vida das pessoas”, afirmou Cida durante agenda com prefeitos do Interior do Estado, no Palácio Iguaçu. “Só com prefeituras, são 1.001 convênios assinados, que representam R$ 535 milhões em obras e ações de melhoria urbana nas nossas cidades”, destacou, relatando convênios da Secretaria do Desenvolvimento Urbano.
Cida também destacou os convênios firmados entre prefeituras e a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística para pavimentação de vias urbanas e rurais. Em 60 dias, foram formalizadas parcerias com 27 municípios, para a realização de projetos que somam R$ 171 milhões. “Buscamos as ferramentas para atender as demandas das cidades. As pessoas devem ser tratadas de igual maneira, sem distinção”, ressaltou ela, lembrando que o governo também destinou R$ 50 milhões para a construção de prédios públicos, como delegacias, unidades da PM e bombeiros, centros de socioeducação e regionais de saúde.
O prefeito de Santana do Itararé, Joás Ferraz Michetti, confirmou o caráter municipalista do governo. “É um governo que conhece a realidade de cada cidade”, disse. “A prova do municipalismo é dividir com igualdade e vemos isso na prática com o Governo do Estado”, completou.
RODOVIAS - Para a infraestrutura rodoviária, já foram destinados R$ 1,05 bilhão para obras de construção, modernização, manutenção e conservação da malha estadual, que tem 12 mil quilômetros. “Temos obras iniciadas e em licitação, que atenderão todas as regiões do Paraná”, afirmou a governadora. “Um dos projetos mais emblemáticos deste pacote de obras vai acontecer na PR-323, que será totalmente modernizada”, destacou Cida.
Para garantir a manutenção da profundidade do canal de acesso aos portos paranaenses foi aberta licitação no valor de R$ 470 milhões, para campanhas contínuas de dragagem. “O porto de Paranaguá teve uma movimentação recorde, de 2,2 milhões de toneladas de grãos, em abril. Isso é fruto das melhorias já realizadas. Nosso compromisso é garantir ainda mais agilidade e competitividade aos nossos portos”, disse a governadora.
HABITAÇÃO – Outra área destacada pela governadora foi a habitação. Em dois meses, foi autorizada a construção de 1.056 casas para famílias de 18 cidades. Deste total, 254 serão erguidas na área rural. Além disso, foi iniciado processo de regularização fundiária de 4.331 imóveis sem documentação. “Também autorizamos o projeto-piloto do programa Morar Bem Paraná Terceira Idade, em Jaguariaíva. É um condomínio diferenciado, para abrigar idosos”, frisou Cida Borghetti.
Desde abril, a Sanepar iniciou obras que somam R$ 132,8 milhões, em diversas regiões do Paraná, para ampliação de redes de abastecimento de água e dos serviços de coleta e tratamento de esgoto. A estatal também renovou o contrato com a Prefeitura de Curitiba. Com isso, a capital receberá mais R$ 3,5 bilhões em obras de saneamento nos próximos anos.
EDUCAÇÃO - A rede estadual de ensino também recebeu um volume expressivo de recursos, além da melhoria salarial para 6,5 mil servidores e o aumento do vale transporte para 15 funcionários, o Estado liberou R$ 271,8 milhões para manutenção e ampliação do sistema de educação especial e atendimento de alunos que vivem em acampamentos rurais. Desde abril, mais 86 Apaes passaram a receber suporte financeiro do Estado.
Outra medida neste setor, foi a ampliação dos recursos para o transporte escolar da rede pública. Atendendo demanda da Associação de Município, a governadora autorizou o repasse de mais R$ 20 milhões para a realização do serviço. “Com isso, chega R$ 120 milhões o total da verba destinada aos municípios para fazer o transporte de alunos”, afirma Cida.
SAÚDE – A governadora também destacou medidas adotadas na área de saúde, entre elas o lançamento do serviço de reprodução assistida por meio do SUS e a ampliação do Teste do Pezinho, que agora passará a identificar 11 doenças raras.
Para ampliar os serviços de saúde, o Governo do Estado assinou 77 convênios e contratos com 69 municípios do Estado. O valor soma R$ 100 milhões. Cerca de R$ 94,7 milhões são para reformas, ampliações, adequações e compra de equipamentos para hospitais.
Outros R$ 52 milhões foram reservados para a construção do Hospital da Criança de Maringá, que terá foco em oncologia infantil. Também houve o repasse de R$ 1,4 milhão para a construção de uma nova ala de UTI no Hospital Santa Clara, de Colorado.
Mais R$ 9 milhões vão custear o novo Centro de Diagnósticos e Imagem da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba. Ainda na capital, houve liberação de R$ 9,8 milhões para o Fundo Municipal de Saúde para compra equipamentos para as 111 unidades básicas de saúde. Os recursos também permitirão a reforma de 14 unidades e a construção de uma sede própria para a unidade do Umbará.
O Interior do Estado também recebeu recursos para unidades básicas de saúde. Na região Oeste, 24 unidades serão reformadas e Toledo terá um novo posto. A cidade também está ganhando um novo Hemonúcleo. Já o Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Setentrião Paranaense recebeu R$ 10,5 milhões do governo, enquanto Paranaguá recebeu R$ 5,6 milhões para aplicar em programas de controle de zoonoses.
SEGURANÇA PÚBLICA – Na segurança pública, um dos destaques dos últimos 60 dias é a criação da Divisão de Combate à Corrupção e da Secretaria Especial da Administração Penitenciária. A área ganhou um novo helicóptero para reforçar o policiamento na região de Foz do Iguaçu. A Polícia Rodoviária Estadual receberá 38 novas motocicletas para patrulhamento e a Polícia Científica 130 novos profissionais classificados em concurso público.
A governadora Cida Borghetti também confirmou a instalação de uma unidade do Colégio da Polícia Militar do Paraná em Cornélio Procópio e autorizou o ingresso de 14 novos alunos no curso para formação de oficiais da PM. Além disso, liberou processo seletivo para contratação de 1.156 novos agentes de cadeia pública. Desde abril, foram entregues as primeiras 11 celas modulares e uma nova Unidade Paraná Seguro (UPS) para Cascavel.
Na agenda de medida adotadas, Cida ainda ressalta a criação do curso de Medicina na Unicentro, e o retorno da cobrança das contas da Copel pelas lotérias. A estatal de energia também passou a fornecer internet rápida para mais 16 novos municípios do Noroeste.
Governadora Cida Borghetti durante agenda com prefeitos do Interior do Estado, no Palácio Iguaçu.Curitiba, 06/06/2018.Foto: Orlando Kissner/ANPr
FAMÍLIA – A governadora também destacou ações na área da família, como a campanha Não Engula do Choro, que alcançou 3,2 milhões de pessoas e foi criada para incentivar denúncias de violência e abusos contra crianças e adolescentes.
Ela também comentou o relatório da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social, fechado em maio, que mostra que as ações realizadas pelo Governo do Estado nos últimos anos melhoraram a condição de vida de famílias em 95% dos municípios paranaenses.
“Neste nosso período de governo repassamos R$ 12,8 milhões para 156 municípios prioritários, para atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade social”, afirma a governadora Cida Borghetti, lembrando que o Estado já atendeu 309 mil famílias com programas de combate à pobreza.
SUSTENTABILIDADE – A governadora também decidiu que a Ilha das Cobras, que no passado era usada como residência de verão do Governo do Estado, vai virar uma unidade de conservação ambiental. Também no Litoral, foi instituído um programa para que comunidades de cidades portuárias recebem capacitação para proteger meio ambiente, reforçando ações do Porto de Paranaguá, que celebra mais de 58 mil ações ambientais.
ECONOMIA - “Enfrentamos um período difícil durante a paralisação dos caminhoneiros, mas o Paraná encontrou soluções para reduzir os impactos da mobilização”, afirmou a governadora, lembrando que criou um gabinete de gestão na Defesa Civil. A unidade permitiu a liberação de cargas essenciais. “Também reduzimos a base de cálculo do ICMS do diesel, permitindo que o preço na bomba caia até R$ 0,04”, destacou Cida. A redução e isenção do imposto também faz parte de iniciativas para estimular a instalação de fontes de mini e micro geração de energia elétrica renovável, e para estimular o comércio e o turismo em cidades de fronteira.

DA Agência de Noticias do Paraná

segunda-feira, 4 de junho de 2018

EM ASSAÍ (PR) HOMEM ENTRA EM ESTABELECIMENTO COMERCIAL E AMEAÇA CLIENTES


Resultado de imagem para IMAGENS DE NOTICIA POLICIAL

ASSAÍ: O proprietário de um estabelecimento comercial procurou a Companhia da PM para registrar em boletim de ocorrência que um senhor conhecido por N. tem frequentado seu comércio no intuito de pedir dinheiro para os clientes, porém ele os ameaça quando não recebe as doações. Muitos clientes se recusam à frequentar o local por medo de sofrer represálias. Diante da situação, o responsável pelo local foi orientado e as equipes seguem em patrulhamento para localizar o senhor N.

MULHER AGRIDE COMPANHEIRO EM SANTA CECÍLIA DO PAVÃO E VÃO PARAR NO HOSPITAL

Resultado de imagem para imagens de banner de policia

SANTA CECÍLIA DO PAVÃO: Após solicitação do atendente do Pronto Socorro da cidade, a equipe RPA deslocou até o local para averiguar um casal que havia dado entrada com diversos ferimentos. Apurando a situação, percebeu que a senhora havia agredido seu companheiro com diversas mordidas e arranhões causando-lhe diversos ferimentos enquanto que ela apesar de relatar as agressões entre ambos, não possuía hematomas aparentes. Diante da situação, registrou-se em boletim de ocorrência e ambos foram orientados quanto às medidas posteriores.


sexta-feira, 1 de junho de 2018

Multa a posto que não repassar desconto será de R$ 9,4 milhões

Gabinete de Acompanhamento da Normalização do Abastecimento: O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, durante coletiva de imprensa após a reunião do Gabinete de Acompanhamento da Normalização do Abastecimento, em Brasília (DF) – 31/05/2018

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse na noite desta quinta-feira (31) que o governo vai punir com multa de 9,4 milhões de reais os postos de combustíveis que não repassarem, a partir de sábado, o desconto de 46 centavos por litro de óleo diesel nas bombas. A redução no preço foi uma das exigências dos caminhoneiros para encerrar agreve que durou dez dias.
Outras punições anunciadas pelo governo são a suspensão temporária do estabelecimento e a cassação da licença.
Uma portaria com as normas da fiscalização dos postos será publicada pelo Ministério da Justiça. Segundo o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, não haverá “tabelamento” de preços, mas os postos serão obrigados a repassar às bombas o desconto de 46 centavos. Marun também afirmou que o novo preço já será visto a partir de segunda-feira, na medida em que os estabelecimentos sejam abastecidos com os novos descontos praticados nas refinarias.
O governo também anunciou nesta quinta a criação de uma rede fiscalizadora de postos para “delatar” o combustível caro. A estrutura contará com a participação da Advocacia-Geral da União, a Agência Nacional de Petróleo, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e os Procons estaduais.

Contribuinte

Ao anunciar o fim dos bloqueios nas estradas, Padilha admitiu que a conta do prejuízo pelo cumprimento das exigências dos caminhoneiros será paga pelo contribuinte. “Quem paga a conta é sempre o cidadão”, disse. “Todo mundo está bravo porque vai pagar.”
Para redução de 46 centavos no óleo, o governo acertou cortes nos impostos. Padilha disse que, do total do desconto, 5 centavos foram tirados do imposto da Cide, 11 centavos do Cofins e outros 30 centavos serão subvencionados pelo Tesouro. É aí que o governo fará um “esforço hercúleo” no Orçamento. “O corte será horizontal”, minimizou o ministro.

Desconto menor?

Apesar do discurso do governo, entidades afirmam que o desconto para o consumidor será menor do que os 46 centavos anunciados. Segundo Fecombustíveis e a Plural, um“erro de cálculo” fez com que o governo ignorasse a mistura de 10% de biodiesel na composição do combustível, o que deve fazer com que a redução máxima na bomba atinja 41 centavos.
DO www.msn.com

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Em reunião com governo, caminhoneiros se dividem sobre parar greve

Resultado de imagem para IMAGENS DE PARALISAÇÃO DOS CAMINHONEIROS

Na segunda reunião com representantes de onze categorias de caminhoneiros, o governo buscou um acordo, mas nem todos os presentes aceitaram a proposta. O representante da Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), José da Fonseca Lopes, negou o acordo proposto pelo governo de suspender a paralisação por um período entre 15 dias a um mês enquanto o governo continua trabalhando para resolver o problema da redução do preço do diesel.  
Lopes disse que outros líderes da categoria se mostraram receptivos à proposta de suspender a paralisação, mas ele se recusou e deixou o local antes do fim da reunião. A Abcam representa 700 mil caminhoneiros, com 600 sindicatos espalhados pelo Brasil.

Motoristas individuais

Resultado de imagem para IMAGENS DE PARALISAÇÃO DOS CAMINHONEIROSEnquanto a reunião se desenrolava no 4º andar do Palácio do Planalto, o representante dos motoristas individuais do Centro-Oeste, Wallace Landim, disse que sua categoria não está representada na reunião e que nenhuma decisão acatada na reunião será seguida por eles. Ele tem uma posição similar à do representante da Abcam e disse que enquanto o fim dos impostos sobre o diesel não estiver confirmado, a paralisação continuará.
“Não somos representados [pelas associações que estão na reunião]. Somos caminhoneiros individuais. Se a gente não estiver participando, não vai ter nenhum resultado. Pode sair de lá e falar que acabou a paralisação, que não adianta. A gente só libera a rodovia quando sair no Diário Oficial. Não estamos pedindo esmola, estamos pedindo o nosso direito”.

DO istoe.com.br

CASAL ENCHE A CARA E AO VOLTAR PARA CASA A MULHER QUEBRA TUDO NA RESIDÊNCIA

Resultado de imagem para imagens de banner de policia

CORNÉLIO PROCÓPIO: Por volta da 01h25min do dia 23/05 a PM foi solicitada para prestar apoio a equipe do SAMU em uma residência no Conjunto Taurus. No local foi relatado que marido e mulher consumiram bebidas alcoólicas e que ao retornarem para casa, a mulher teria se apresentado agressiva e quebrado objetos e vidraças da casa. Ela recebeu os primeiros socorros do SAMU e foi encaminhada à Santa Casa de Misericórdia.

MULHER É ROUBADA EM ASSAÍ (PR)

Resultado de imagem para imagens de banner de policia

ASSAÍ: Às 15h32min a PM foi acionada no Conjunto Eldorado, onde a solicitante relatou que teria sido roubada. Segundo ela, estaria dentro de sua casa quando a chamaram em seu bar que fica ao lado da residência. No local um indivíduo mencionando estar armada, deu voz de assalto e que acabou levando uma quantia em dinheiro. Repassadas às características do indivíduo a equipe saiu em diligências, porém sem êxito de encontrá-lo.

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Menino acorda do coma após liberação de órgãos para doação: “milagre”

Trenton McKinley - Fotos: reprodução / Facebook

Um verdadeiro milagre aconteceu com um menino de 13 anos que sofreu um trauma cerebral grave após um acidente e ficou dias em coma no hospital do Alabama, nos EUA.
“Não há outra explicação que não seja Deus. Não há outra. Inclusive os médicos disseram isso”, disse Jennifer Reindl, a mãe de Trenton McKinley.
De acordo com a “People”, o acidente ocorreu há cerca de dois meses, quando McKinley estava na casa de um amigo em um pequeno trailler puxado por um buggy infantil. O amigo parou repentinamente e o veículo tombou na cabeça de Trenton McKinley.
O menino teve sete fraturas no crânio e recebeu um duro diagnóstico dos médicos, de que ele não sobreviveria.
Ele respirava com a ajuda de aparelhos, chegou a passar por três cirurgias, teve falência dos rins e uma parada cardíaca.
O garoto chegou a passar 15 minutos sem sinais vitais na mesa de cirurgia durante as tentativas médicas para salvá-lo, afirmou a mãe. Os médicos disseram que ele “nunca seria normal de novo”.
“Tudo o que vi foi uma maca com os pés para fora balançando. Ele ficou morto por cerca de 15 minutos. Quando o ressuscitaram, me disseram que ele nunca mais voltaria ao normal. Me disseram que os problemas de oxigenação seriam tão ruins para o cérebro que permaneceria como um vegetal se conseguisse sobreviver”, contou a mãe, Jennifer Reindl.
Os pais tomaram então a decisão de doar os órgãos do garoto.
“Um homem responsável pela doação de órgãos veio e conversou com a gente sobre a doação de cinco órgãos para o hospital infantil, o que salvaria cinco crianças. Nós dissemos que sim”, disse a mãe Jennifer Reindl à CBS News.
O milagre
Resultado de imagem para imagens de milagreMas, no mesmo dia, para surpresa dos pais e de todo o hospital, o menino começou a mostrar novos sinais.
“No dia seguinte, estava agendado o teste final de ondas cerebrais para comprovação total da morte, mas os sinais vitais aumentaram”, contou Reindl.
Já recuperado o menino falou com a TV americana.
“Eu bati no concreto e o trailler caiu sobre a minha cabeça”, contou McKinley  à Fox 10.
Até hoje ninguém no hospital consegue explicar o que motivou a volta do menino, que havia sido desenganado pelos médicos.
Agora McKinley está em um longo processo de recuperação.

DO sonoticiaboa.com.br

LÍDER Vídeos | CURIÚVA e SCPAVÃO

Loading...

AS 10 + TOCADAS na LÍDER FM