Esporte NOTÍCIAS

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Mulher perde bebê e denuncia médico por suposta falta de atendimento


A Polícia Civil de Tomazina (110 km ao sul de Jacarezinho), no Norte Pioneiro, está investigando a possível falta de atendimento de um médico lotado no Hospital Municipal de Jaboti a uma jovem de 25 anos, que, grávida, procurou atendimento na unidade no início de abril, mas perdeu o bebê. A vítima foi ouvida pelo delegado responsável pelo caso, Isaías Machado, que relatou a denúncia em depoimento. O inquérito deve ser concluído até o final deste mês. 

O advogado Siomar José Zachesky, que defende a denunciante, relatou ao Portal Bonde que a jovem chegou a fazer um pré-natal em Japira, mas foi encaminhada à Jaboti. Chegando lá, teria sido orientada pelo médico a retornar para a cidade vizinha para fazer o parto. "Ele virou as costas e deixou a paciente agonizando de dor", comentou. Segundo a defesa, após ser dispensada pelo profissional, a grávida começou a passar muito mal e teve que ser amparada pelos enfermeiros. 

"Ela foi direto para a sala de parto e infelizmente perdeu a criança minutos depois", disse Zachesky. Depois do incidente, a família registrou um boletim de ocorrência na delegacia da cidade.


Segundo o laudo obtido pela defesa, o bebê teria morrido por asfixia e deslocamento de placenta. "Vamos cobrar essa reparação no âmbito cível e criminal", pontuou o advogado. 

A reportagem tentou contato com o hospital de Jaboti, mas ninguém quis se manifestar. Na 19ª Regional de Saúde de Jacarezinho, responsável pela área onde a ocorrência foi registrada, ninguém atendeu as ligações.

Rafael Machado - Redação Bonde

Nenhum comentário:

LÍDER Vídeos | CURIÚVA e SCPAVÃO

Loading...

AS 10 + TOCADAS na LÍDER FM